EVENTE-SE | Casamento pt.4 | DIY: Faça você mesmo

MAIO chegooou! Mês das noivas e do meu CA-SA-MEN-TO! Eiita emoção, nem tô acreditando! Para curtir ainda mais o clima, vamos falar sobre outro tema apaixonante no universo da organização de um casamento: DIY. O famoso Faça você me smo (Do it yourself) refere-se à prática de buscar soluções por conta própria ao invés de comprar ou pagar por um produto pronto do mercado. Em um casamento, pode ser sinônimo de personalização, maior envolvimento e, em muitos casos, economia.

Vamos lá! Principalmente na DECORAÇÃO, muitos noivos optam por arriscar e colocar a mão na massa para chegar mais próximo de algo que sonharam no seu casamento. As razões são muitas:

1) não encontram como querem no mercado;
2) encontram e o preço está fora do orçamento;
3) querem mesmo testar suas habilidades e poder contar para todos com orgulho que é produção própria
(hoje, mega chique e dentro do conceito sustentável da coisa).

Além disso, optando por itens DIY os noivos conseguem transmitir melhor sua personalidade, com detalhes únicos para surpreender os convidados. Se gostam de trabalhos manuais, essa também é uma ótima oportunidade para relaxar em meio à loucura e dar aquela fugidinha da frente do computador, sentindo-se igualmente útil e sem peso na consciência que não estar aproveitando o tempo para a organização do casório.

E mais: fazendo vocês mesmos, não há dependência de fornecedores. Muitas vezes, isso é assunto delicado entre os noivos pela ansiedade que pode gerar (do tipo, cadê aqueles convites que encomendei na internet e ainda não chegaram!?).

Não é só na decoração que o DIY aparece. Ele pode estar nos COMES E BEBES (tanto na festa de casamento como aquelas que falamos no outro post), na PAPELARIA DO CASAMENTO (convites padrinhos, convites pajens&aias, cardápio do dia…) ou até mesmo no VESTUÁRIO (vestido da noiva, buquê, traje do noivo, gravatinhas).

Para entender na prática e como referências nunca são demais, vamos para os exemplos mega maravilhosos que encontrei por aí e também aqueles que estão na lista DIY do meu próprio casamento.  

1. Enfeites de mesa com vidros decorados

Se tem uma coisa que combina com DIY, é o reaproveitamento de materiais. E alguns deles, como garrafas e vidros de conserva, é bom já começar a guardar desde o início se quer um casamento (com pitadas de) DIY. Eles podem se transformar em vasinhos de flores ou porta velas para enfeitar mesas. Balões ou barbantes podem colorir facilmente as garrafas que estão só esperando esse momento pra virar o centro das atenções, de novo.


IMG_9971.jpg
Enfeites de mesa do nosso chá

Para cumprir com o tema naval, tinha encontrado essa referência, que logo me encantou:


IMG_3496 (2).JPG


Mas tava difícil de encontrar velas assim. Há poucos dias, tivemos a indicação de alguém que produz velas por um preço baratinho, em casa mesmo (daria para tentar fazer, mas preferi não me arriscar nessa, hehe). Encomendamos dela (ainda não estão prontas, por isso não mostro aqui), nesta cor e formatos e compramos a corda e os vidros.

Vamos conseguir! o/


2. Mural/varal de fotos


Além dos vidros, os pallets são outros queridinhos dos noivos para os itens de DIY. Eles podem servir como mesas, bancos e...mural de fotos. Vale separar aquelas memoráveis dos noivos e enfeitar pallets com porta retratos ou apenas em estilo varal (cordinha e prendedores em cada foto).

IMG_9970.jpg
Nosso mural de fotos do chá

Para a festa de casamento, já separei também alguns porta retratos e letras de madeira para um mural de fotos mais chique, como esse modelo aí embaixo.

pallets.jpg

IMG_3495 (2).JPG IMG_3497.JPG


3. Marcadores de mesa
Com rolha, papel dobradinho, arames em formato de coração...são muitas opções. Dá pra soltar a imaginação e caprichar nos detalhes. Alguns usam fotos: cada número de mesa, uma foto dos noivos com aquela idade (ex.: mesa 1, 1 aninho...) ou os noivos podem fazer o número com os dedos nas fotos para indicar.




4. Kit toalete
Sempre é lindinho chegar no banheiro da festa e encontrar uma cestinha de itens para necessidades básicas ou para imprevistos de quem vai passar um dia/noite dançando até o chão. O kit toalete é fácil de ser feito em casa. Vale levar em conta o estilo do casamento, claro, e se possível incluir a identidade visual também. No nosso, imprimimos o logo adesivos redondinhos para colar nas peças. Para saber o que colocar no kit, é bom levar em consideração o perfil dos convidados.

As principais são:
- Algodão, demaquilante, mini lixas de unha, base de esmalte e itens para o cabelo (spray, grampos, elásticos, gel para homens)
- Desodorante, enxaguante bucal, fio dental, hidratante, absorventes
- Álcool em gel e soro fisiológico (para as lentes de contato)
- Kit Costura (linha, agulha, tesourinha, botões…)
- Farmacinha e alguns remedinhos com Engov, sal de fruta, band-aid

5. Porta guardanapo
Outro detalhe mega fofo que pode ser feito por você. Só cuida pra não achar que é pouca coisa e no fim, ser um trabalhão. Aqui é um por convidado, então conforme o número de vocês, poderão precisar de um tempo maior para fazer todos. Nesses casos, dê preferência para os mais simples.  

7. Placas de sinalização
Casamentos - principalmente aqueles que acontecem em um lugar amplo, ao ar livre ou mais afastados de onde moram os convidados - costumam ser sinalizados com placas. Elas são postas na beira da estrada, na entrada do local ou próximo de onde acontecem cerimônia e festa.

Hoje elas aparecem até mesmo em casamentos onde nem são tão necessárias assim. Noivos optam por incluir elas na decoração, só para divertir os convidados com avisos dos mais variados tipos ou frases bonitinhas. Elas podem ser feitas com caixas de fruta, ripas de madeira, tinta branca e um pouco de imaginação.



8. Sousplat
De tecido, madeira, renda, crochê, papel e papelão. O sousplat, termo da língua francesa que significa “sob prato”, é uma peça que auxilia na decoração da mesa, com toque de sofisticação.

A peça usada abaixo do prato deve ter dimensões maiores que esse para que as bordas fiquem aparentes e valorizem a decoração. Para ter um sousplat DIY, a melhor solução é revestir um disco de papelão ou madeira com tecido. A limpeza pode ser mais difícil, mas se o tecido for impermeabilizado com uma camada de cola branca, não há problemas de passar um paninho úmido.


9. Kit lágrimas de alegria
O nome já diz tudo. Apesar de não ser o ideal para não borrar a maquiagem né (heheh), lágrimas serão inevitáveis para alguns familiares e amigos, emocionados com o grande dia na vida de vocês. Para isso, é super adequado disponibilizar lencinhos que normalmente são entregues aos convidados na chegada ou simplesmente deixados sobre os bancos da cerimônia.



10. Pacotinhos de despedida (arroz, pétalas,confete)
Antes era o arroz. Depois, vieram as pétalas e confetes. Hoje, muito se usam as bolhas de sabão e velas sparkles. O que importa é escolher algo que combine com os noivos, estilo e horário da cerimônia.

Noivos mais tradicionais não substituem o arroz como voto de prosperidade aos recém-casados. Os sparkles não combinam com casamentos durante o dia, até porque precisam do escurinho para brilhar e fazer aquele efeito show. E assim por diante.



11. Porta alianças
Almofada, prato, baú, cestinho. A escolha do modelo, além de ser a preferência dos noivos, deve também levar em consideração a idade de quem vai levar as alianças. Se for um pajem baby, o porta aliança deve prender bem as alianças, não pode vir solto em um pratinho, por exemplo. Até porque, perder no meio do caminho não eras, né? Os materiais podem ser bem simples (normalmente uma base e fita para amarrar as alianças), super tranquilos de inventar e fazer em casa.


Para a minha, escolhi um baú de MDF, e fiz em cima o coração com nossas próprias digitais. Ainda não tá finalizado, acho que vou escrever algo (a data e nossos nomes) e depois passar um verniz. :)

IMG_3498 (2).JPG

12. Buquê da noiva
Olha aí, pra quem quer sair do tradicional ou quer fazer o seu próprio buquê.


13. Quadro de assinaturas/Registro de presenças
Como deve ser bom recordar o casamento e lembrar de todas as pessoas especiais que estiveram presentes! Os noivos sabem disso e, por isso, não esquecem de pensar no livro de presenças em um dos dias mais importantes da vida.

Ideias são várias: árvores ou maço de balões com impressões digitais, nomes escritos em painéis pendurados na parede, depoimentos pendurados num varal ou em galhos de árvores. De tão lindos que ficam, farão parte da decoração da casa nova, como uma lembrança querida.



14. Topo do bolo
Noivinhos em biscuit, para serem feitos em casa, só se os noivos já conhecem a técnica. Afinal, não é bom arriscar em uma primeira vez, em uma das datas mais importantes da vida né. Bom é que existem muitas outras opções para enfeitar a parte de cima dessa gostosura do casório, como são o caso de fotos, plaquinhas e varalzinhos bordados. Eles são práticos de fazer e uma meiguice pura.


15. Convites
A papelaria do casamento é essencial para garantir a unidade do casamento. É por ela que os convidados percebem cores, tipos e formatos que foram pensados pelos noivos e fazem parte do tema escolhido para a celebração.

Convites, convites dos padrinhos, cardápio de mesa e lembrancinhas, são alguns dos exemplos. Dessas, o convite ainda tem função maior, pois normalmente é o primeiro contato do convidado com o casamento. A partir daí, ele já pode imaginar o estilo que pensaram para tudo.

Para o meu casamento, já tinha pensado em tudo, mas não encontrei disponível no mercado e nem com o tempo de antecedência que precisava. Então, partimos para o DIY. Eis o resultado.

IMG_3492 (2).JPG
Nosso convite do casamento

IMG_20170401_114455.jpg IMG_20170324_125203.jpg

IMG_3486 (2).JPG
Nosso kit convite para madrinhas

IMG_3344.JPG
Nosso convite para pajem&aia

17. Lembrancinhas
Para fechar o evento com o mesmo cuidado com que tudo começou, não esqueça das lembrancinhas. Elas serão o pedacinho do seu casamento que os seus convidados vão levar pra casa, pra recordar os ótimos momentos que tiveram com vocês nessa festa incrível. E como tudo que já mostramos neste post, elas podem ser feitas em casa, com muito amor e detalhes lindíssimos. Vale de tudo: garrafinhas e vasinhos de temperos, saquinho de sementes para cultivar o amor, compotas de docinhos, saquinhos de suspiros...


Pra fechar, vale retomar um ponto que alertei no início: não é sempre que o DIY é sinônimo de economia. Apostar em peças feitas em casa, na maioria das vezes, pode significar gastar menos no evento, mas, isso não é regra geral. Tem coisas que podem custar até mais caro se feitas de forma artesanal, dependendo da quantidade e especificidade dos materiais que serão utilizados. Por isso, vale sempre pesquisar preço. Em muitas lojas, o custo de produção de determinadas peças é mais vantajoso - pois fazem em larga escala e já tem os equipamentos certos. Também é sempre muito bom calcular o tempo que terá para fazer: de novo, isso não pode atrapalhar o restante da organização.

Ufa, é muita coisa e não pensa que não tem mais! Quanto mais se procura, mais se acham inspirações, além daquelas ideias que podem vir do nada, passando por uma lojinha e outra de artesanato.  E aí, vai botar a mão na massa intensamente ou só de leve? O que vale é se envolver e ser feliiiz! O resultado são os charminhos todos que vimos aqui.

EVENTE-SE: organizando o próprio casamento
Para quem não sabe, meu nome é Alice. Até a data do meu casamento, seguirei compartilhando minhas experiênciase aprendizados com organização desse momento mais do que especial. Essas dicas epodem ser aplicadas também em outros grandes (e nem tão grandes) eventos. É toda terça-feira, nos canais digitais do Fala Mais, RP.

Confira o primeiro vídeo, onde explico um pouco melhor:



E acompanhe! http://www.facebook.com/falamaisrp
http://www.instagram.com/falamaisrp

Comentários