[Autora convidada] Relações Públicas e a Gestão de Marcas

Além de ser uma área importante para as organizações, a gestão de marcas propõe uma abordagem que se aproxime do campo das Relações Públicas. Tal aproximação se torna fundamental também para a compreensão da atividade profissional do RP de maneira ampla no seu mercado de atuação. Essa abrangência pode ser verificada na medida em que o profissional de Relações Públicas passa a atuar não só no âmbito institucional, como também no âmbito mercadológico, bem como quando houve a necessidade de as organizações serem vistas equitativamente pelos seus públicos.

Na perspectiva mercadológica, a marca é um assunto que despertou interesse no mundo dos negócios. De forma geral, é visível a proliferação das marcas no cenário atual, devido à grande concorrência existente no mercado e ao alto nível de exigência por parte dos consumidores. O desafio é o aprimoramento das atividades de construção do valor da marca, visando obter maior vantagem competitiva, bem como fortalecer os relacionamentos institucionais. Por isso, trabalhar a gestão de marcas é operar estrategicamente.

O trabalho de gestão de marcas deve ser entendido e praticado de maneira correta, pois uma marca forte e bem gerenciada é capaz de agregar valor aos produtos e serviços. No nível institucional, trabalhar a marca é também dar significado aos relacionamentos institucionais. Nessa perspectiva, na medida em que a marca é um fator sintetizador de informações entre a organização e os públicos, importante para a construção dos relacionamentos, intercede também na atuação do Relações Públicas.

A gestão de marcas é um trabalho estratégico, que envolve um planejamento bem estruturado, pois a marca é utilizada como um meio de representação institucional, além de ser um dos principais alicerces na perspectiva estratégica para a construção de percepções para os consumidores. O Relações Públicas é o profissional que tem uma visão sistêmica e holística, alinhando a noção e percepção de realidade do negócio para o desenvolvimento das estratégias, contribuindo no processo da construção de marca e na sua mediação com os públicos.

O Relações Públicas busca no exercício de suas atividades efetivar as relações; a marca, por sua vez, é produto de relações, representando a essência das empresas. É a partir desse viés que a contribuição do RP se consolida na gestão de marcas, mediando os interesses da organização e seus públicos e também colaborando para que a marca vá ao encontro das expectativas dos públicos estratégicos. Por isso, o profissional que tem interesse em atuar nessa área deve ficar atento aos conceitos da gestão de marcas e a sua importância na consecução dos objetivos organizacionais. O fundamento da profissão de Relações Públicas envolve todo o processo organizacional, sendo assim, todas as ações comunicacionais da organização são de competência do RP.



Sobre a autora:

Rafaela Medeiros

Recém-formada em Relações Públicas pela Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC. Já atuou nas áreas de assessoria de comunicação, marketing digital e eventos. No momento esta fazendo especialização na área de Marketing, com ênfase em branding, construção e gerenciamento de marcas.

Comentários