Descubra o KIWI!


E esse tal de KIWI? Apareceu, chamou nossa atenção... e cadê?
Semana passada todos nós fomos impactados com a ‘tal notificação do KIWI’ no Facebook.


Ninguém entendia se era um vírus ou então o novo Candy Crush, - jogo que é febre entre os usuários. O que todos sabem sobre esse aplicativo até agora: ele atrapalhou, irritou e ninguém (poucos) clicou para ver o que era de fato.


Então, aqui vai a explicação aos olhos do Fala Mais, RP!


Kiwi nada mais é que uma rede criada para que os usuários possam fazer perguntas (de modo anônimo ou não) entre os participantes, como os antigos Ask.FM e Formspring. 

Por exemplo:


Ilustração de uso - KIWI


E o por quê impactou tanto no Facebook?


Como praticidade, os desenvolvedores pensaram em uma forma acessível do usuário se conectar (sem muita burocracia) e a solução encontrada foi a conexão direta com a conta do Facebook. 
Por isso, então cada login era transferido do Facebook ao KIWI, e o usuário enviava alertas (automaticamente) para todos seu amigos da rede. Agora, justificamos o motivo de tanta notificação assim (e nem era seu aniversário, rs!).

Bom, rede explicada, notificação recebida, mas... cadê o pessoal na rede?
Pois é! Parece que o impacto causado gerou mais stress entre os usuários do que de fato paixão para baixar o app e usar.


Da nossa parte, sentimos falta de um estudo de mercado, análise de perfil dos usuários e também de uma forma eficaz de impactar usuários. Faltaram diversos detalhes para uma rede, de uma hora para outra, piscou em nosso Facebook sem justificativa.
Afinal, quem eles gostariam de chamar atenção? Qual o intuito da rede? Querem qual perfil de usuário? Vale a pena entrar na rede?


Com o mercado digital em pleno 2015, nós RP’s temos que ficar ligados nas tendências e aprender com elas. Essa ferramenta foi de grande aprendizado para nós. Mesmo que você use o app, nós sabemos que a dúvida do ‘para que ele serve?’ também permanece em sua cabeça. Por isso, lembre-se: quando te convidarem para o planejamento de um app|Produto, pensem nos dados principais de impacto. Não vale a pena fazer apenas barulho e alarde de forma negativa.


Em um exemplo positivo, temos o Facebook. Que entrou no mercado para combater o Orkut (saudades, aliás) e, com a preparação certa, não teve erro! O sucesso foi tanto que a concorrente decidiu até ‘pendurar as chuteiras’. Qual foi o segredo? Planejar. Nosso amigo Mark (Zuckerberg) sempre soube o público que gostaria de atingir e o como faria isso. Vetou gifs animados, vetou publicidade em excesso e começou a filtrar seu público.


Sabemos que não é fácil impactar em pleno 2015. É difícil surpreender e conquistar todos os públicos, mas… um fato é certo: KIWI não acertou no planejamento (será que teve?) e não engajou os Brasileiros
Fica nossa dica para você que acompanha o Blog: em um próximo lançamento, não esqueça de planejar onde quer chegar ;)



Comentários